domingo, 29 de novembro de 2009

Que saudades eu sinto...



Que saudades eu sinto,
da tua força, do teu sorriso
Sabes que não minto,
é de ti que preciso...
Recordar, é o que me resta,
do nosso tempo passado...
naquela cidade “augusta”,
tenho teu perfume guardado...
O sabor do teu corpo,
a “chocolate” sabia...
Os teus lábios nos meus,
recordo todo o dia...
Recordo o teu corpo boiando,
na piscina do desejo...
cada momento brincado,
cada ternura, cada beijo...

Que saudades eu sinto...

4 comentários:

Lena disse...

Dos bons momentos,
ficam as saudades;
grande amor esse Carlos,
nunca o esqueceras,
ficara sempre na tua memoria...
Feliz quem viveu um amor assim...

Beijinhos Carlos

poetaeusou . . . disse...

*
que saudades eu sinto,
dos poemas ao pôr-do-sol
escritos pelo Farol
com sentimento, não minto,
,
um abraço, amigo,
,
*

Multiolhares disse...

existem momentos que guardamos com saudade, momentos muito nossos que o tempo não apaga
beijinhos

Bela disse...

A saudade é um sentimento ambíguo, pode nos fazer sorrir tanto como chorar.