sábado, 12 de dezembro de 2009

O mar da tua paixão...


Uma alga á praia veio dar
de encontro á recordação...
Parece que este mar
te trás no coração...
Lá longe onde tu moras
não esqueces esta paixão...
O mar tu recordas
faz lembrar a canção...
Cai a noite no “Guilhim”
a lua brilha de emoção...
O vento fala por fim
nessa tarde de Verão...
O mar ésta prateado
na areia a solidão...
Quando sonhas acordado
e lembras esta sensação...
Desculpa ter recordado
o mar da tua paixão...

2 comentários:

Lena disse...

Não tems a desculpar te
de recordar esta paixão;
é sempre agradavel e faz sempre bém
falar sobre este mar...
aqui longe, de onde vivo,
relembro cada dia que passa,
esse mar que é minha paixão...
quando não estou bém,
fecho os olhos,
e sinto meu mar...

Adorei teu poema Carlos...

Beijos

SONHADORA disse...

OBRIGADA PELA VISITA

GOSTEI
VOU VOLTAR


BEIJO