quarta-feira, 15 de abril de 2009

POETA EU...NÃO SOU



Não é poeta quem quer
o poeta nasce feito
vê as coisas mais além...
Não tem valor algum...
O poeta não é ninguém...
Pensa o senso comum...
É dono das ilusões,
da vida, dos sentimentos,
das palavras e das emoções
da lua, dos pensamentos...
Não é poeta quem quer
ser poeta é dom divino...
Não passo de um pateta
a fazer versos sem tino...
Inspirei-me na amizade
do meu amigo poeta...
Mas cai na realidade
ser poeta não é o destino...
Para o meu amigo Poeta eu sou... (Um abraço)

3 comentários:

Multiolhares disse...

O poetaeusou ficou babado com o miminho.

Poeta não é quem quer,
é quem deixa as palavras sair com
a emoção do coração.
E tu és poeta pois sabes fazer
da amizade uma poesia.
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
amigo Carlos
,
hó frio coração
que eu transporte
indigno dos amigos
que em mim confiam
por só hoje
vir agradecer
a tua gesta
o que faço
com atraso mas com respeito,
,
obrigado amigo,
,
saudações, deixo,
,
*

AFRICA EM POESIA disse...

SER CRIANÇA


Fui criança
Do outro lado do mar...
Tão longe...
E tão perto...

Como recordo...
Os passos largos...
A correr para o colégio...
O vestido novo...
Para levar à igreja...
As minhas brincadeiras...
Os meus jogos...
Os meus bailes...
Os meus anseios...
Os meus amores...

Os meus amigos...
Com quem sempre brinquei...
Que tanto me alegravam...
E a quem sempre recordei...
E... que hoje ainda recordo...
E... preservo.
Pois são do melhor...
Que até hoje...
A vida me deu!...

LILI LARANJO